janeiro 29, 2017

Achas que sim?





Todos nós já nos vimos na situação de supra-sumo da barbatana, em que decidimos se damos ou não uma segunda oportunidade, no nosso superior egocentrismo, do alto da nossa presunção, lá temos o destino de alguém nas mãos…

E quase nunca pensamos ou melhor, recordamos, as vezes que nos foi dada uma segunda oportunidade, aquela apendicite que mais umas horas teria sido fatal, o acidente de mota que quase tirou a vida, quando ias como pressa para chegar a lado nenhum e não fora os reflexos estariam alguns dos teus restos numa sucata qualquer.

Quando temos o colega que num dia menos mau tem uma atitude menos própria e fazemos birra, quando és descoberto com “brincadeiras” que enchem o ego com um/a amigo/a virtual que não conheces de lado nenhum…

Somos tão pequenos, e temos a mania de nos tornar grandes quando das nossas decisões o rumo e felicidade de uma ou mais vidas depende.

Segunda oportunidade? Porque não! Afinal quantas vezes tiveste a tua?




"Agir, eis a inteligência verdadeira. Serei o que quiser. Mas tenho que querer o que for. O êxito está em ter êxito, e não em ter condições de êxito. Condições de palácio tem qualquer terra larga, mas onde estará o palácio se não o fizerem ali?"
Fernando Pessoa


Jack


janeiro 21, 2017

Sítios



Imaginemos!…

Estás num lugar onde não é queres estar. Sente-te que deves estar noutro sítio. (a reclamação do costume, “ah se estivesse na aldeia, seria… se tivesse estudado numa faculdade diferente seria...sei lá como, futuros alternativos, realidades diferentes, e histórias hipotéticas)

Bem, se pudesses estalar os dedos e aparecer exactamente onde queres estar, eu aposto que sentirias o mesmo, “estou no lugar errado”.

A questão é, se te concentrares tanto onde quererias estar... Esqueces de tirar proveito de onde realmente estás. 


Vive.



Jack
 

janeiro 18, 2017

Às vezes sou...




Idiota, imbecil, insuportável, incompatível, imberbe, incomprovado, impertinente, indecente, inominável, infame, inconveniente, incomportável, irreverente, irascível, intratável, insolente, ignóbil, impossível, inolvidável, interminável, insolvente, incompreendido, incomprimido, incomum, incomunicável, incomutável, inconcebível, inconciliável, incomestível, incomodante, incomparável, incomplacente, incompleto, incomposto, indolente, indirecto, indirigível, indiscernível, indisciplinável, indiscreto, indiscriminado, indiscutível, indispensável, indisponível, indisputável, indissimulável, indissociável,insaneável, insaturado, inolvidável, inquestionável, intrínseco, insuspeitável, insusceptível, incompassível, incompensado, insustentável, incomensurável, inequívoco, inestimável, inexterminável, infalsificável...  
E às vezes inseguro!

Mas acima de tudo e com todos os i's, sou... Inteligente! 
 (sem qualquer tipo de modéstia)


Jack

janeiro 06, 2017

Do tempo...



Humanos, o efémero ser das emoções, o ano acabou entrou outro, gostamos de medir o tempo, para mostrar que somos inteligentes, que somos pontuais ou apenas para saber quanto tempo estamos atrasado! 


"Vocês têm os relógios, nós temos o tempo!"
Nos dirão os outros seres com quem temos a sorte de partilhar este planeta.

Mas voltando ao final do ano, altura em que obrigatoriamente temos de ser solidários, de pensar nos outros e ficar felizes. Também fazer planos para o que não fizemos, escondendo a frustração em passas e garrafas de espumante barato!

O fogo de artifício durou cerca de 15 minutos, assim como a alegria que todos fizeram questão de mostrar no Facebook, assim como a ceia de natal, mesas cheias e árvores enfeitadas com presentes,  no meu tempo era com bolas brilhantes e luzes dos chineses...

Efémero diz-se, que dura pouco! São a emoções dos seres humanos que somos, e eu quase que compreendo isso. Todavia, não compreendo que o carácter seja de igual modo tratado.

Li algures :
"Inútil pedir aos deuses, aquilo que conseguimos fazer  sozinhos"

Ame-se, odeie-se, que se fique triste ou feliz, sejamos efusivos ou contidos, que se fale ou se fique calado, mas com a nossa identidade, carácter e coerência! Não porque a é da época, porque os media dizem ou o vizinho fez!

Vale a pena pensar nisto! 


 

"You can see my bed, but you can't feel my pain!" 
Jack

janeiro 02, 2017

E o primeiro dia foi assim!


 
Do miradouro da Pedra Bela tens uma vista maravilhosa. Para além da paisagem e da imensidão do Gerês, Lá no alto, junto ao miradouro tem este poema: "Pátria" de Miguel Torga:
Serra!
e qualquer coisa dentro de mim se acalma...
Qualquer coisa profunda e dolorida,
Traída, Feita de terra e alma.

Uma paz de falcão na sua altura
A medir as fronteiras:
Sob a garra dos pés a fraga dura,
E o bicho a picar estrelas verdadeiras...

Que seja simples...Apenas e só!

Jack