março 31, 2016

Duvida, ou paradoxo,ou sei lá!

Estive a pensar...

Se mandamos uma bola para a agua, as ondas formadas são circulares!

Mas...

Porque raio é que se mandarmos um tijolo, as ondas não são rectangulares?



Jack

março 26, 2016

Porque sim



Apetece escrever sobre algo!!!
Sobre não sei quê!! escrever, sim tenho vontade!..
Escrevo sobre a Páscoa? 
Sobre leis mal feitas? 
Ou sobre quem legisla?
Talvez escolha um tema aleatório, tirado das noticias?
Portugal perdeu contra a Bulgária, ou escolha à sorte uma "espectacular notícia do CM.

Violados/as, raptados/as, agredidos/as. Mas...há sempre um mas. Estavam assinalados pela segurança social!!
que bom!!! imagino se não estivessem! Provavelmente estariam sujeitos a uma morte atroz.

Poderia também fazer uma redacção como na quarta classe. 
Se eu fosse um Deus por um dia... Que mudaria?

Passou a vontade... Passou a inspiração... ou tenho preguiça... 

Vou ao cinema ver o Super Homem!
Jack

março 24, 2016

É isto!

Clicar no video para continuar!


"Já não tenho paciência para algumas coisas, não porque me tenha tornado arrogante, mas simplesmente porque cheguei a um ponto da minha vida em que não me apetece perder mais tempo com aquilo que me desagrada ou fere.

Já não tenho pachorra para cinismo, críticas em excesso e exigências de qualquer natureza. Perdi a vontade de agradar a quem não agrado, de amar quem não me ama, de sorrir para quem quer retirar-me o sorriso. Já não dedico um minuto que seja a quem me mente ou quer manipular.

Decidi não conviver mais com pretensiosismo, hipocrisia, desonestidade e elogios baratos. Já não consigo tolerar eruditismo seletivo e altivez académica. Não compactuo mais com bairrismo ou coscuvilhice. Não suporto conflitos e comparações.


Acredito num mundo de opostos e por isso evito pessoas de carácter rígido e inflexível. Desagrada-me a falta de lealdade e a traição. Não lido nada bem com quem não sabe elogiar ou incentivar. Os exageros aborrecem-me e tenho dificuldade em aceitar quem não gosta de animais. E acima de tudo já não tenho paciência nenhuma para quem não merece a minha paciência."

Alguém escreveu por mim, por isso, para não entrar em redundâncias, fica supracitado o que quero dizer!

Jack

março 14, 2016

Teoria Darwiniana

Uma vez, disseram-me que tinha a mania de mim me atirar para a piscina sem saber se a mesma tinha agua!

Sim, sou ariano, impulsividade é o meu nome do meio, tenho a mania de fazer planos em cima do joelho, de decidir de um momento para o outro, tenho tido sorte, ou na falta dela, tenho-me adaptado às minhas asneiras, fazendo com que se tornem boas escolhas! 



Eu, eu mesmo...
Eu, cheio de todos os cansaços
Quantos o mundo pode dar. —
Eu...
Afinal tudo, porque tudo é eu,
E até as estrelas, ao que parece,
Me saíram da algibeira para deslumbrar crianças...
Que crianças não sei...
Eu...
Imperfeito? Incógnito? Divino?
Não sei...
Eu...
Tive um passado? Sem dúvida...
Tenho um presente? Sem dúvida...
Terei um futuro? Sem dúvida...
A vida que pare de aqui a pouco...
Mas eu, eu...
Eu sou eu,
Eu fico eu,
Eu...
Álvaro de Campos, in "Poemas" 

março 06, 2016

To be, or not to be!




"Alguma vez você já se colocou esta questão surpreendentemente difícil: como alguém escolhe o mal? Como cometemos o pecado? Por sua própria natureza,
a vontade só escolhe o que é bom.

É minha convicção pessoal que o exercício livre da vontade numa situação de culpa ocorre da seguinte maneira: a vontade deseja algum mal que possui bons aspectos (se eu roubar seu dinheiro, vou ficar rico). Assim, força o intelecto a se concentrar apenas no elemento bom que vai ser adquirido através do ato incorrecto e a eliminar o reconhecimento do mal. 

Isso leva o intelecto a racionalizar o que a princípio foi reconhecido como mal. Enquanto estou fazendo alguma coisa errada, não posso encarar de frente seu aspecto negativo; preciso pensar no que é bom e certo. Como consequência, o livre arbítrio se exercita no ato de coagir o intelecto a racionalizar e não de executar o ato em si mesmo."

John Powell in
Porque tenho medo de lhe dizer quem sou