janeiro 13, 2016

Janela aberta.


2 comentários:

  1. Por vezes a distância tem que ser quase "definitiva" para se avaliar a saudade da outra parte que nos falta e nos completa.
    Fica um beijo.

    ResponderEliminar
  2. Volta e meia procuro-te. Vens cá raras vezes, mas fico contente quando vens.
    (foi só uma brisa de ar que passou)

    ResponderEliminar