novembro 19, 2013

Tu...



A minha aldeia, finalmente, não é mais esse campo de batalha descrita numa enciclopédia qualquer, não é mais um dicionário em Braille, um álbum de fotografias antigas.

A minha aldeia já não é mais, uma carta de amor proibido, um planisfério de um tempo distante! Do tempo em que tu ainda não estavas!  

Jack

1 comentário:

  1. Eu sei.....
    A tua aldeia,
    é um prado verde onde as flores surgem na primavera :)
    onde no verão apetece estar deitado por debaixo das árvores de fruto :)
    no outuno a correr por entre as folhas que caem :)
    e quando chega o invreno... ficar à janela de casa a vê-la coberta de neve!!

    A nossa aldeia.... é linda! :)

    ResponderEliminar