novembro 10, 2013

Crónicas de ( Ridick, mas não sou alien) um gajo qualquer!



Dez e meia, acordo meio esgrouviado, com alguém a dizer: Ah, a minha cunhada convidou para ir almoçar a casa dos sogros dela!

Primeiro, a negação, que raio vou fazer a casa de quem eu nem sequer conheço! 

Depois, a interrogação! Que é que ficas aqui a fazer sozinho?

A minha vida tem um propósito e um sentido! Não estou aqui para preencher o espaço ou ser figurante no filme de outra pessoa! O mundo (tenho a certeza) seria diferente se eu não existisse, cada lugar onde estive, cada pessoa com quem já falei, seriam diferentes, sem mim! 

Estamos interligados, e somos todos afectados pelas decisões, e mesmo pela existência daqueles que vivem connosco.

Posto isto, a aceitação, lá vou eu cortar a barba e botar uns trapos lavados, para ir ao tal almoço!

Estranho, ainda há, gente de antigamente, que te acolhe, te faz sentir (quase) em casa! É bom sentir, que num mundo de "chaqu'un pour soi!" Há quem seja genuíno, e desprendido!

Temos dias assim, num mundo estranho, em que ficamos surpreendidos com valores que ainda existem, mas que se estão a extinguir... Infelizmente!

A humanidade, por vezes toma a rédeas, e tenho a certeza que irá ganhar!


Jack



1 comentário: