fevereiro 19, 2013

Tudo a eito...

Não gosto quando penso. Não penso quando julgam. Quando se pensa que a inteligência é algo que assiste só a uns humanos iluminados.

Não gosto quando lá do alto da sua arrogância há gente que sobe tão alto que se torna imperceptível e por consequência insignificante .

Não gosto quando se vira "o bico ao prego", depois de fazer a barbaridade mais impensável, ainda vêm dizer "a culpa de ter feito isto é tua" como fosse responsável pelos actos de outrém.

Não gosto de gente que não se consegue imaginar no outro "lado" que diz que quem não quer ser lobo não lhe veste a pele, todavia vai fazendo estragos disfarçado de cordeiro no meio do rebanho.

Não gosto de pessoas que se dizem boas e bom carácter, mas que não olham a meios para atingir os fins, e são capazes de vender a própria mãe na primeira caravana de escravos que passar.

Não gosto de gente sonsa, dissimulada e hipócrita.

Agora, que se sabe o que não gosto. Será fácil saber o que gosto.


Jack

1 comentário: