janeiro 28, 2010

Reizinhos despóstas ...

Hoje quando saí do trabalho numa radio que teimosamente tende estar sintonizada no meu chasso, visto que prefiro a surpresa do radio à rotina do cd.
Bem!!!
O que me chamou a atenção foi que um dos locutores disse.

-Um rapaz de quinze anos agora não é o mesmo que um moço da mesma idade há uma quinzena de Invernos atrás.
Ao que o outro comentador lhe responde:
-"oggi sono dei bambini"

E sim...é verdade infelizmente,
são meninos em corpos de rapazes, alheios às responsabilidades.
Eu... (e de certeza que quem irá ler isto) com dez anos já tinha grandes responsabilidades.

Recordo que quando saía da escola nos meses de Maio e Junho em que os meus pais trabalhavam na terra a regar o milho,
a cuidar das colheita.

Eu ia guardar a cabras, uma vintena delas e o meu pai ainda me dizia trás um pau para lenha ou então um molho de mato.

Tinha brinquedos..sim que tinha, mas fazia-os eu.
O meu maior tesouro era uma navalha que tinha trocado por uma fisga.
Fazer os deveres que actualmente se chamam TPC era à noite, ou caminho da escola.
Porque se os deveres não eram feitos a professora faziam uso da régua.

Tínhamos responsabilidades, crescíamos à força, andávamos todos os dias oito quilómetros para ir à escola.
Com geada, com sol... chuva mas divertia-mo-nos taaaaaanto.

Hoje para fazer quinhentos metros é um "ai jesus"
Têm tudo, os pais desfazem-se em prendas para os reizinhos.
Que nem que para isso tenham que recorrer ao cartão de crédito.
E depois??
São educados a esperar prémios. Se o filho tem más notas, estimulam-nos com a promessa de um presente.
Se chumba o ano a culpa é dos professores, se é mal educado
a culpa é das companhias, se está distraído é hiperactivo.

Caramba... a ver certas noticias ou certas atitudes destas
gerações.. pergunto-me:
- Como é que ainda estou vivo?? como é que ainda não estou
num sanatório??

O modelo familiar actual e a sociedade está a criar uma geração
de prepotentes, arrogantes, desrespeitadores e acima de tudo
sem valores.

Já num reclamo mais...

janeiro 26, 2010

Será que sim??

-Foste tu!!!!
- Eu?? porque dizes isso?
-Porque sei!!!
-Mas eu nada fiz, estás a acusar sem que eu saiba o que se passa!
-Foste tu sim!!! disseram-me!
-Ah disseram-te!!! muito bem! é mais fácil acreditar em quem não
se conhece de lado nenhum, não é?
-Mas tu nada dizes em tua defesa!!
-Nada tenho a dizer, estou a ser acusado de algo que desconheço
e que nem sei sequer porque me acusas!
-Mas defende-te argumenta, grita, discute, diz palavrões, acusa também!

-Não... eu não tenho que me defender, tu conheces-me,
és tu que me estás a acusar sobre uma coisa que te disseram,
nada tenho a defender ou ofender...disseram-te algo que tu tomaste como verdade,
és livre de pensar o que querias de acusar quem te der na real gana
mas não digas para me defender de uma coisa que não me atinge.
-És um mole!!! um cobarde!!! de nada serves!!!
-Isso...
-Pois és, podem dizer o que lhes bem apetecer que tu nada fazes!
-Culpa-os agora... não sacudas a agua do capote agora, tu acusas...
depois sou eu que nada valho!!!
-...

-Vai...deixa-me em paz, vai viver as tuas amarguras e frustrações para longe,
não fui eu, sou eu que te estou a dizer.
Pena...sim...é pena que basta alguém dizer que fulano fez assim, para que se acredite,
acusa-se gratuitamente, não interessa se se conhece ou não...que se lixe...
é preciso é acusar, ter motivo para
se discutir...como se prazer ali houvesse.

-Foste tu!!
-Sim fui eu se isso te deixa contente, se te alivia...
se assim deixas de querer discutir, se assim me deixas descansado.
Sim..eu que nada fiz...me rendo para que seja eu...que num passado alternativo,
tenha feito isso que me acusas...
Mas agora deixa-me.Deixa-me com a lua...
Deixa-me que me acusem de lunático...que ali sim não vou
desmentir...nem sequer dizer nada contra.

O Jack

janeiro 22, 2010

O Efeito do Tempo e a Mutabilidade das Coisas



"Prudente é quem não é enganado pela estabilidade aparente das coisas e, ainda, antevê a direcção que a mudança tomará. Por outro lado, o que via de regra faz os homens tomarem o estado provisório das coisas ou a direcção do seu curso como permamente é o facto de terem os efeitos diante dos olhos, sem todavia entender as suas causas. Mas são estas que trazem o germe das mudanças futuras, enquanto os efeitos, únicos existentes para os olhos, nada contêm de parecido. Os homens apegam-se aos efeitos e pressupõem que as causas desconhecidas, que foram capazes de produzi-los, também estão na condição de mantê-los. Nesse caso, quando erram, têm a vantagem de fazê-lo sempre em uníssono. Sendo assim, a calamidade que, em decorrência desse erro, acaba por atingi-los, é sempre universal, enquanto a cabeça pensante, caso erre, ainda permanece sozinha. Diga-se de passagem que temos aqui uma confirmação do meu princípio de que o erro nasce sempre de uma conclusão da consequência para o fundamento."


Arthur Schopenhauer, in 'Aforismos para a Sabedoria de Vida'

Agora sou eu que falo.. já que o Arthur até é bastante eloquente e sensato eu vou acrescentar o meu toque.

Porquê tanta resistência à mudança?
Porque tanta reclamação?
Será que viver no marasmo é bom?? se consegue alguma diferença??
É queres permanecer sempre estático que é o melhor?
imaginem que não houvesse no mundo quem o quisesse mudar?
Que, Newton, Arquimedes, Sócrates, Galileu, Einstein, Vasco da Gama, Egas Moniz.... eu
Caramba eles não avisaram que iam descobrir algo que iria mudar o mundo, ou a forma de pensar do mesmo.
Porque raio tanta reclamação, porque em vez de perderem as suas preciosas energias em barafustar e a deitar fora impropérios..
Porque não se adaptam, escrevem a quem de direito, dando sugestões, ideias... assim seria uma boa forma de se progredir.

Mas não... É melhor olhar para o seu umbigo, deixas-se arrastar pelos que reclamam, viver no seu" mundinho" em que nada se mexe, viver a rotina constante...diária, viver e contribuir para um mundo melhor, tentar...digo tentar... adaptar-se aos outros, às mudanças, aos imprevistos... não...que isso dá trabalho.
Sempre disse que aqui é o espelho do que se faz lá fora...
e não me engano, por isso somos uns coitadinhos que vivem chorando a sua má sorte, o seu triste destino.

Por isso é Um PAÍS estagnado... "Orgulhosamente só"
Como dizia António de Oliveira Salazar
 



O Jack

janeiro 21, 2010

Um Deus para trair...




Está tudo dito!!

janeiro 17, 2010

IE



" O governo da Alemanha emitiu um aviso de segurança em relação ao navegador Internet Explorer (IE), aconselhando os internautas a usarem outro programa alternativo.
Segundo a BBC, este aviso surge depois da Microsoft ter admitido que os recentes ataques aos sistemas da Google se deveram a falhas no IE, embora a empresa tenha referido que a alteração do modo de segurança do browser para «alta» eliminaria o problema.

Mesmo com estas advertências da empresa, o governo alemão considera que existe risco.

Em declarações à BBC, Graham Cluley, da empresa de anti-virus Sophos, disse que em causa estão as versões do IE 6, 7 e 8. 
"


Já agora... aconselho o Firefox




Se querem ter um mínimo de segurança!!!
Desfaçam-se do navegador da Microsofre...

Prontes 

janeiro 07, 2010

Não me apetece!!




Hoje vamos falar de sexoooooooooooooooooooooooooooooooooo!!!!



Ontem alguém me disse num jantar:
Jack... quero escrever um blog mas não sei sobre que escrever...
E eu como tenho sempre a minha cabeça cheia de ideias e outra vezes cheia de coisa nenhuma
dei-lhe um tema...
A vontade dos homens em fazer sexo...
Ora a minha opinião é esta.
O gajos quando vão para a cama,
(não minha opinião não é sempre na cama mas é em sentido figurativo)
e vão com ideia para a brincadeira lá vem a desculpa...

-Ah doi-me a cabeça !
- Hoje não me apetece !
- Estou cansada !
- Estou com o periodo !

entre tantas outras... (as mulheres são muito imaginativas )
E nós lá nos viramos para o outro lado e começamos a ressonar... 
sobre protesto arreliados mas somos uns gajos com uma compreensão acima da media.
... (somos gajos)

Agora a questão é????
-E quando um gajo diz que não???
que não quer fazer amor???
A primeira coisa que as meninas pensam, ou dizem ou GRITAM...
-Tens outraaaaa !!
ou fazem um monte de filmes, ficam arreliadas, danadas mesmo...
Mas foram a gajas que fizeram com que os gajos de dessem a esse luxo.
A meninas são umas caçadoras, os meninos os caçados, que escolhem se querem ser ou não caçados
que escolhem a caçadora...
Querem igualdade, sim  então respeitem quando um gajo diz que num quer fazer amor... não fiquem danadas...e ciumentas.

(uma vez por entre outras senão é mau sinal.... )

O Jack